segunda-feira, 29 de agosto de 2011

BANDA DE CONGO AMORES DA LUA

A Banda de Congo Amores da Lua foi fundada em dia 30 de março de 1945 no antigo Bairro do Mulembá, hoje Bairro Santa Marta. Tudo começou de uma reunião entre Sr. Alarico Azevedo e Sr. Alfredo Manoel da Silva, com o objetivo de fundar a banda de congo. Os primeiros 10 tambores de barril foram comprados no mesmo ano. O valor na época foi de 10.000 réis. A primeira puxada de mastro foi feita naquele mesmo ano.
Prestes a completar 88 anos, um dos nomes mais tradicionais da cultura do Espírito Santo vem demonstrando empolgação de menino nestes últimos dias. Reginaldo Sales, mestre da Banda de Congo Amores da Lua, não esconde a ansiedade e a alegria de ver o segundo CD do grupo ganhar vida própria. 11 anos após o primeiro álbum, o disco “Banda de Congo Amores da Lua – 65 anos de existência” será lançado no próximo dia 28, dentro do Mercado da Música (Mercado São Sebastião, em Vitória). O patrocínio é da Lei Rubem Braga de Incentivo à Cultura, da Secretaria de Cultura de Vitória.

Como o próprio mestre gosta de deixar claro, esse novo disco está sendo lançado após muito esforço. Afinal, não foi fácil garimpar as 18 toadas que compõem o álbum. Algumas canções, como “Meu São Benedito que vem de Lisboa”, datam dos primeiros anos do século XX.
“Eu lembro que eu era bem criança e ficava ouvindo meu pai tocar essa toada. Fiquei com ela e inúmeras outras na minha cabeça. Para montar esse disco, tive que fazer uma pesquisa em mim mesmo”, explica mestre Reginaldo.
Neste segundo disco da Amores da Lua, ainda foram registradas antigas toadas como “Botei Minha Canoa N’Água”, “Eu Fui na Beira da Praia” e “Balança Celina”, canções que respondem pela história oral de todo o Estado do Espírito Santo.
Para o secretário de Cultura de Vitória, Alcione Pinheiro, patrocinar produtos como o CD da Amores da Lua reforça a política cultural de Vitória. “Essa é mais uma ação no sentido de valorizar a cultura popular em nossa cidade, dando voz a pessoas que respondem pela a mais nossa profunda identidade cultural”.


DISCOGRAFIA:
(2000) 50 ANOS DE RESISTÊNCIA
O CD da Banda de Congo Amores da Lua é fruto de um sonho de mais de meio século e de três anos de muita luta. Mas para o mestre Reginaldo Barbosa Sales, capitão da banda há quase 30 anos, o resultado está sendo recebido com muita alegria. O CD traz 16 toadas muito antigas que contam a história da banda e acompanham seu Reginaldo desde menino. O CD será lançado nestes dias 23, 24 e 25, na Festa de São João, na Rua Oswaldo Aranha, Bairro Santa Marta. No dia, 29 terá novo lançamento durante a apresentação da Banda na Festa de São Pedro, na Praia do Suá. 
Depois de 60 anos cantando toadas muito antigas, pela primeira vez mestre Reginaldo Barbosa Sales entrou num estúdio. Não foi fácil. Disciplinar as vozes e os toques de de mais de 30 componentes da banda. “Passamos pela água quente e pela água fria”, comenta o mestre, capitão da banda há quase 30 anos. Quando havia dinheiro era difícil reunir os componentes da banda no estúdio de gravação. 
O CD é um documento. Traz 16 toadas, a maior parte delas de autoria desconhecida. Tem toadas antigas como Morena põe o Barco N´Água, Me dá o Bico Meu Louro eVou me embora meu Boi. A Toada de Chegada, que abre o CD, foi feita mais recentemente por Carlos de Azevedo e sua mãe, dona Cecília: " Amores da Lua já vem/Amores da Lua Chegou/ Cadê o dono da festa/ Para receber o tambor " ... 
A Banda de Congo Amores da Lua é uma das mais antigas de Vitória. E seu Reginaldo a acompanha desde sua criação, em 1945, no Bairro Mulembá, hoje Santa Marta. Sua primeira Festa de São Benedito foi no Natal deste mesmo ano: a banda já se apresentou com estandartes, e um repertório de toadas próprias. Hoje, a Amores da Lua possui 36 componentes. As 15 mulheres cantam e dançam. Os homens tocam tambores, bumbos, caixas, triângulos, casacas, chocalhos e cuicas. É no quintal de seu Reginaldo que a banda se reúne. Ali tem barco, imagem do santo e todo o material da banda.
01-Amores da lua já veio
02-Estou doente morena
03-Morena põe o barco n’água
04-Me dá o bico meu louro
05-Vou-me embora meu boi
06-Onde está a baleia
07-Tem areia lá no mar08-Amanhã é dia santo
09-São Pedro e São Miguel
10-O junco é da lagoa
11-Vou andando pela areia
12-O tambor da miracema
13-Como velho chegou aqui
14-Laiá você vai a Penha
15-Este congo vai embora
16-Me despeço moçada

(2011) 65 ANOS DE RESISTÊNCIA










VÍDEOS/CLIPES:


SITES:


Um comentário:

  1. não achei em lugar nenhum no youtube, nem no google a música Onde está a baleia, que queria mostrar pra uma prima daqui do Rio.
    favor disponibilizar.
    meu face é
    www.facebook.com/erosswertt

    ResponderExcluir