quinta-feira, 28 de agosto de 2014

TURI COLLURA

Pianista, compositor e arranjador, Turi Collura mora estavelmente no Brasil desde 2002, onde acumula extensa carreira nas qualidades de instrumentista e educador musical. Graduo-se na Itália em Disciplinas da Música com ênfase em educação musical (Universidade de Bolonha) e na Escola Cívica de Jazz (Milão). 
Turi é autor do método em 2 Volumes "Improvisação: práticas criativas para a composição melódica na música popular", publicado pela editora Irmãos Vitale, hoje considerado um verdadeiro best seller editorial, e referência bibliográfica em diversas instituições e universidades do país.
Publicou, em 2009, o método "Rítmica e levadas brasileiras para o piano", em livro e Dvd.
Em outubro de 2013 lançou seu quarto livro: "Piano Bossa Nova: método progressivo" (livro + Dvd). O método está sendo traduzido para o inglês.
Como professor, lecionou de 2003 a 2012 na Faculdade de Música do Espírito Santo (FAMES), onde coordenou o Departamento de Música Popular, por ele fundado. Ministrou as disciplinas Harmonia, Improvisação, Piano Popular, Prática de Conjunto e História e Estética do Jazz. 
Acumula passagens como educador por diversas instituições no Brasil (FASM-Faculdade Santa Marcelina-SP; Conservatório Souza Lima-SP; Conservatório de Música de São João del Rei-MG; TKT Musical-SP; UFES-Universidade Federal do ES; CAEM-SP; Instituto Musical Márcia Couto, Maringá-PR; Intermezzo, São Paulo-SP; Escola de Música Rafael Bastos, Florianópolis-SC; Instituto Musical Souza & Muzir, Serra-ES, entre outras); UFMA (Universidade Federal do Maranhão), FAMES Faculdade de Música do Estado- ES; Escola de Música Lilah Lisboa em São Luiz do Maranhão/MA;Festivais (Festival de Música de Curitiba-PR; Festival de Música de Itajaí-SC; Festival Internacional de Inverno de Domingos Martins-ES) Congressos (CAEM-SP) e instituições estrangeiras (Escola Cívica de Jazz- Milão; Scenario Pubblico-Catania) entre outras. 
É Mestre pela UFES, Universidade Federal do Espírito Santo (2011) e pós-graduado pela mesma instituição (2007). 
Foi colunista da revista Teclado e Piano de 2006 até a última edição (2009). Também publica artigos nas revistas No Tom e Roland Brasil. 
Ativo como pianista e compositor, produziu em 2007 seu primeiro CD autoral "Interferências", gravado no Rio de Janeiro, com músicos de renome internacional (Nelson Faria, Ney Conceição, Daniel Garcia e Rafael Barata, Daniel Dias, entre outros). 
Em 2011 lançou seu segundo CD, "Conversa na Vila", uma homenagem a Noel Rosa, que teve a participação do grupo carioca Arranco de Varsóvia e de outros músicos de renome (Domingos "Bilinho" Teixeira, Zé Luiz Maia, Márcio "Hulk", Joana Queiroz, Andrea Ernest, Edu Szajnbrum, João Schmid, Neusinha Escorel, Marcelo Escorel). 
No final de 2008 idealizou e produziu o espetáculo "Cartoons em Jazz", que reune música, teatro e projeções video, apresentando-se em Vitória (Projeto Luzes e Aplausos do Teatro do SESI; Programação Cultural das prefeituras de Vitória, Serra e Vila Velha; Spírito Jazz) e no Rio de Janeiro (Cinematéque). O espetáculo "Cartoons em Jazz" foi eleito por um juri do jornal A Gazeta entre os melhores shows de 2008, junto a Ney Matogrosso, Hamilton de Holanda, Paralamas e Titãs. 
Em julho de 2011, na Câmara Municipal de Vitória, recebe a Comenda "Maurício de Oliveira" para a "Honra ao Mérito", pelos serviços prestados à população capixaba. 
Atualmente, Turi prepara seu novo trabalho "Piano Brasileiro". 
É membro da IASJ, International Association of Schools of Jazz. 
Ministra oficinas e workshops em várias instituições brasileiras e internacionais. 
Turi é endorser dos produtos Powerclick.




DISCOGRAFIA:
(2007) INTERFERÊNCIAS
Neste CD, procurei tirar uma fotografia das minhas experiências musicais, vividas em diferentes lugares. Aqui se encontram misturados, ao mesmo tempo, a Sicília e o mediterrâneo, a África e o espiritualismo de Coltrane, a grande paixão pelo jazz, a música contemporânea européia e a música brasileira. Afinal, sou um homem do terceiro milênio e o efeito disso sobre minha música são composições caracterizadas por interferências que se entrelaçam.
Sempre fui fascinado pela espontaneidade do gesto musical, pela casualidade que surge em um determinado momento, em um certo lugar. Isso é o que mais me interessa: o resultado de um instante único, de um sentimento traduzido em música. Chamei, para essa fotografia, tirada no Rio de Janeiro no começo de 2007, pessoas únicas, que contribuíram generosamente à realização desse trabalho gravado "à vera", sem clique e todos juntos, com o mínimo possível de edições posteriores.
01-Ubuntu
02-Dois de dois
03-Les Halles (Paris 2006)
04-Boppin
05-Flor
06-Papo furado
07-Mais lá
08-Rosa casou
09-Blues para John
10-Horizonte



(2011) CONVERSA NA VILA
No tempo de Noel, os discos eram gravados em cilindros de cera, e as primeiras rádios AM eram a última moda. Cronista e observador atento de seu tempo, modernista e inovador, o Poeta da Vila deixou letras e melodias que continuam atuais nos dias de hoje, era das naves espaciais e dos iPads. 
01-Quem ri melhor
02-Mentir
03-Cem mil réis
04-Cidade mulher
05-Filosofia
06-Fita amarela
07-Tarzan
08-Seja breve
09-Até amanhã
10-Último desejo




VÍDEOS:




INTERNET:





terça-feira, 26 de agosto de 2014

GUSTAVO MACACKO

Cantor. Compositor. Cronista. Instrumentista (guitarrista e violonista). Produtor (cultural e musical). Filho de pais nordestinos, nasceu em uma maternidade na cidade de São Simão (GO). A cidade inundou e por isso seu registro de nascimento foi feito em Uberaba (MG). Formou-se em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Em 2011 mudou-se para o Rio de Janeiro.
Nos anos de 2000 a 2007 integrou a Banda Símios, com a qual lançou três CDs de músicas autorais. Foi o idealizador do grupo percussivos autoral Bloco Bleque, com o qual realizou três turnês pela Europa, passando pelo festival de Montreux (Suíça) e a “Tomada da Bastilha”, na França. Em 2010 lançou seu primeiro CD solo “Macaco, Chiquinho e o Cavalo”, que incluiu as músicas de sua autoria “A sorte de ter a bússola sem norte” (c/ Fê Pascoal e Fred Entringer), “Meu mundo” (c/ Alex Lima), “Caos do equilíbrio”, “Complexo messiânico” (c/ Mien). Ao lado de Maurício Baia foi responsável pela direção musical do projeto “BG Sessions”, no Rio de Janeiro, que juntou no palco artistas da cena contemporânea autoral carioca. Em parceria com o produtor musical Shilon, assinou a direção musical e artística do projeto “Nu jardim dos encontros e desencantos”, encontro trimestral com o objetivo de integrar artistas a cena autoral, semeando novas parcerias, em um ambiente intimista no bairro Jardim Botânico, no Rio de Janeiro. Em 2012 lançou a música “Só tem jogador”, uma parceria com Gabriel o Pensador, que foi tema do jogo de videogame “Fifa Soccer 12” e do “Campeonato Brasileiro 2012” no canal Sportv. Formou, ao lado de Brunno Monteiro e Juliano Rabujah, o trio Trova à Troá.   Em 2013 fez cinco apresentações no festival “Brasicalata Tour”, na Itália com o Bloco Bleque. Nesse mesmo ano lançou o CD “O Macaco e a Baleia para crianças de todas as idades”, voltado para o público infantil. Participou do projeto “Cabine 103”, da cantora Julia Bosco, em homenagem ao compositor Sérgio Sampaio.
No ano de 2014,  o cantor e compositor Gustavo Macacko se define como "descendente de família nordestina, capixaba de coração, goiano de nascença e mineiro no registro e atualmente reside no Rio de Janeiro". Respeitando o coração, deixamos ali em cima a bandeira do Espírito Santo.
Macacko lançou seu terceiro disco, “Despontando para o anonimato”, em três trilogias de três canções cada. Em julho de 2014, liberou o álbum completo, com participação de Julia Bosco e Otto e produção de Shilon Zygel.
Além do trabalho solo, Macacko tem outros projetos como "Cabine 103", no qual divide a cena com Julia Bosco em tributo a Sergio Sampaio. Promove também o sarau “Nu Jardim dos Encontros e Desencantos”, com sua música autoral, de três em três meses, recebendo músicos, DJs e outros artistas no estúdio Jam House.
O título do álbum é uma crítica à (atual?) necessidade de auto promoção social e a força de quem acredita na realização. O número de canções do disco e o lançamento na forma de trilogias tem base em referências cinematográficas e no misticismo em torno do número 3.
"Às 9:33 é o lançamento da Trilogia 1 do álbum "Despontando para o Anonimato". O desprendimento de estar in e sentir-se "Hoje sem Mim", o símbolo na forma de uma "Montanha" e o heterônimo e personagem "Zé Berlim Carajás. As pré vendas online dos 333 exemplares bíblicos iniciam-se na quinta às 15:33". 
E é isso mesmo. O álbum físico virá em formato de Bíblia e a pré-venda será através do site Embolacha, com 333 exclusivos exemplares destinados aos fiéis.
O álbum foi todo gravado no estúdio de Shilon Zygiel (que é diretor do Circo Voador) na distante e rural Vargem Pequena, no Rio de Janeiro. Julia Bosco divide os vocais em “Mulher Independente” e o pernambucano Otto faz uma participação na primeira parceria dos dois, chamada “Cada Fernando uma Pessoa”, uma homenagem ao poeta Fernando Pessoa e seus heterônimos.
A banda base foi formada por três músicos capixabas que o acompanham desde os tempos em que morava no Espírito Santo: Caio Metteoro (bateria), Tatiana Mancebo (vozes e escaleta) e Bruno Massa (baixo e voz). Completam o time Pedro Augusto (teclados) e Shilon (guitarras). 
O disco contou ainda com as participações especiais dos músicos Pedro Mibielli (Violinos, Viola e Arranjo de Cordas), Pepê Barcellos (Guitarras), Oswaldo Lessa (Sax), Dudu Santana (Trompete) e Fabrizio Iorio (Melotrom).
Macacko lançou seu primeiro disco solo, "Macaco, Chiquinho e o Cavalo", em 2010. É idealizador do grupo capixaba percussivo Bloco Bleque e já realizou turnês pela Europa, passando pelo festival de Montreux na Suíça e a Tomada da Bastilha na França. Em parceria com Gabriel Pensador, lançou a música tema do game Fifa Soccer 12 e do Campeonato Brasileiro 2012 no Sportv, chamada “Só tem Jogador”. 
 Recém chegado ao Rio de Janeiro, foi idealizador e assina a direção musical e artística do "Nu Jardim dos Encontros e Desencantos", um encontro trimestral que já está indo para a sua oitava edição, com o objetivo de semear parcerias e oxigenar a cena autoral integrando artistas, profissionais da área musical e cultural em um ambiente intimista.




DISCOGRAFIA:
(2010) MACACO, CHIQUINHO E O CAVALO
1- A Sorte de ter a bússola sem Norte
2- Complexo Messiânico
3- Piquenique num Vulcão
4- Tijolo
5- Silvia Sangue Bom
6- Solto por Nós
7- O Caos do Equilíbrio
8- Poesia de Qualquer Bobagem
9- Meu Mundo



(2013) O MACACO E A BALEIA PARA CRIANÇAS DE TODAS AS IDADES
01-Hey gatinha
02-Meu pai está tão bravo
03-O Pato Empatado 
04-Bicho Grilo 
05-Boi da Cara Preta 
06-Papinha 
07-Lá Vai o Trem 
08-Pir Pir Lim Lim Pim Pim 
09-Mundo Coração 
10-Controlar Meus Sonhos? 
11-Perdi Meu Anel no Mar 
12-Alecrim 
13-Dinossauros e Ets 
14-Catarina



(2014) DESPONTANDO PARA O ANONIMATO
01-Hoje sem mim
02-Montanha
03-Zé Berlim Carajás
04-66
05-Matemágicka
06-Cada Fernando Uma Pessoa
07-Com a certeza de quem não sabe nada
08-Mulher independente
09-O passo e o escuro





VÍDEOS/CLIPES:





SITES:
http://www.territoriodamusica.com/noticias/?c=35943

ADVENTUS

A banda Adventus é natural da cidade de Vila Velha-ES e foi fundada no ano de 2008. Jovens católicos e com o mesmo objetivo: levar a palavra de Deus e resgatar os jovens. Da falta de santidade, da promiscuidade e da falta de fé no consubstancial corpo eucarístico e fazer tudo isso através da música por que Deus disse: Cantai a Deus, cantai hinos a seu nome, aplanai a estrada para o que cavalga as nuvens; SENHOR? É o seu nome, alegrai-vos diante dele Os justos, se alegram, exultam diante de Deus e cantam de alegria.
Teve seu inicio através de alguns de seus integrantes, que nesse mesmo ano participavam da missa solene de páscoa na orla de Itapoã.
Na missa solene que acontecia na orla de Itapoã, alguns integrantes da banda pensaram o quanto era bom tocar para Deus e que quanto o assunto era louvar a Deus através da música estávamos sempre juntos e empolgados com a sintonia musical que foi observada na missa, Alexandre, Diego, Fabíola, Fabrício e Glauco tiveram a idéia de montar uma banda para dissipar a palavra de Deus e levar mais alegria aos eventos da comunidade.
Formada no ano de 2008, teve inicio a Banda Adventus, bem e por que Adventus?
Por que Advento significa tempo de espera d?Aquele que há de vir. E nos como Banda Adventus preparamos o reino para espera d?aquele que há de vir.
A primeira formação da banda era composta por 10 integrantes: Fabíola, Francisco, Nicholas e Sirlene nos vocais; Diego na percussão, Fabrício nos teclados, Natan no violão Alexandre na guitarra, Glauco no contrabaixo e Pueblo na bateria. Com essa formação a Banda Adventus realizou sua primeira apresentação na Paróquia São Francisco de Assis, em Itapoã. A partir daí, partimos para saltos maiores, se empenhando mais e participando quanto possível dos eventos católicos de nossa Arquidiocese.
Tivemos dificuldades e como jovens cristãos católicos mais responsabilidades.
Deus nos mostrou que como pessoas era necessário passar por uma transformação e assim aconteceu, alguns integrantes da banda saíram, mais de perto ou de longe, continuaram fazendo parte da família Adventus. Tudo é no tempo de Deus e assim Ele o fez, como Ele que e do jeito que Ele permita que seja .Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes ….Capinamos e tocamos em um tablado mais uma chuva de graça foi a nossa maior recompensa.Nossa madrinha Conceição Santana também nos ajudou muito .Tudo corria conforme planejado mais ainda faltava algo.
No ano de 2010 passamos por mais uma transformação: os vocais passaram a ser Andressa, Fabíola, Francisco e Maicon, Felipe e Jefferson passam a integrar as guitarras, Glauco no baixo, Pueblo na bateria, Natan passou a tocar teclado, Diego e Ronaldo percussão e Alexandre no Sax.
Enfim nossa intenção é buscar, aprender, agradecer testemunhar e realizar as obras de Deus e receber e compartilhar suas bênçãos em nossas vidas…As próximas dessa história Deus escreve por nós .




INTEGRANTES:
Maycon (vocal)
Glauco (guitarra)
Alexandre (saxofone)
Vinicius (bateria)
Felipe (guitarra)
Raissa (backing vocal)
Diego (trompete)
Lorenna (guitarra)
Natan (teclado)






INTERNET:

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

DU AVESSO

O Grupo Du Avesso, nasceu na cidade de Vitória-ES e vem crescendo cada vez mais com um estilo Top de tocar samba e pagode.
Formado em setembro de 2005 por Marcelo Laranja (cavaco), Rafael Dadat (violão), Rafael Manhães (vocal), Daniel Gabriel (banjo) e Digão (reco-reco) o grupo de amigos que tocava samba por prazer deu origem ao Grupo Du Avesso que hoje realiza shows em bares, casas de shows, festas e eventos particulares, com repertório selecionado e sempre primando pela qualidade e profissionalismo.
Já se apresentou na Turk Zoo, Varekai, São Firmino, Ilha Shows, Centenário, Pavilhão de Carapina, Alvares Cabral, Blow Up, Anchietinha, Aert, entre outros.
Abrimos também shows de grandes artistas como: Arlindo Cruz, Dudu Nobre, Beth Carvalho, Banda Eva, Tomate, Gustavo Lins, Jeito Moleque e Boka Loka.
O repertório é bem variado, tocando de acordo com o tipo da festa, tocamos artistas como: Arlindo Cruz, Zeca Pagodinho, Revelação, Mumuzinho, Bom Gosto, Turma do Pagode, Exaltasamba, Sorriso Maroto, Alexandre Pires, Belo, Beth Carvalho, Dudu Nobre, Gustavo Lins, Diogo Nogueira, Fundo de Quintal, Jeito Moleque, Seu Jorge, composições próprias e muito mais!




INTEGRANTES:
Rafael Manhães - voz
Marcelo Laranja - cavaco
Rafael Barbarioli - violão
Daniel Gabriel - banjo
Rodrigo Gabriel -reco-reco e voz
Bruno Macedo - percussão geral
Marcus Gabriel - percussão geral
Junior Radaelli - bateria
Hugo Maciel - baixo
Thales Costa - sax e flauta
André Daumas - teclado




DISCOGRAFIA:
(2013) DU AVESSO AO VIVO EM VITÓRIA
01-Em nome desse amor
02-Deixa estar
03-Grande vitória
04-Aventura
05-Malandro não para
06-Utopia de amar
07-Melhor que ta tendo
08-Jogador de futebol
09-Fera no cio
10-A Amizade
11-Lucidez



(2014) DU AVESSO AO VIVO NA ILHA




VIDEOGRAFIA:
(2014) DU AVESSO AO VIVO NA ILHA




VÍDEOS:





INTERNET:

terça-feira, 29 de julho de 2014

MACOY

Banda iniciada em Vila Velha, com intenção de criar músicas instigantes para o público. Músicas que atingem diversas idéias e pensamentos em geral.



INTEGRANTES:




DISCOGRAFIA:
(2014) OUÇA JOVEM, NÃO HÁ TEMPO PARA EXPLICAÇÕES





INTERNET:




LIGAÇÃO DIRETA

Banda formada por músicos do Conservatório de Música de Cachoeiro de Itapemirim e que também já passaram por diversas bandas como Art & Vozz, Projeto Feijoada, Mistura Acústica, Suburbanos, Anderson Freire, Aço Doce, entre outras. Formada no ano de 2009, para uma apresentação em homenagem ao aniversário da Escola de Música, tendo em seu repertório o pop/rock clássico dos anos 80, 90, e o que há de melhor no estilo atualmente. 

Após a apresentação, a banda recebeu alguns convites para shows, como na Festa das Canoas em Marataízes, Semana do Rei no ano de 2010, Encontro de Motos, apresentação no verão em Iriri-ES. 
A banda foi contemplada no ano de 2013 pela Lei Rubem Braga para a gravação do seu primeiro disco de estúdio, que vem sendo trabalhado com influência dos anos 80, uma mistura de world music, e pop rock.





INTEGRANTES:
Vitor Perilo - Voz

Weslen Caetano - Contra-Baixo, Teclados

Hericson Freitas - Guitarras e Violões

Carlos Costa - Bateria




INTERNET:




CONTATO:
Hericson Freitas (28) 3522-1529 (28) 9 9971-8594
email: hericson@ligacaodireta.com.br


quinta-feira, 17 de julho de 2014

TRIO MARACÁ

Fundada na cidade de Vitória-ES, o Trio Maracá, é um quarteto de Forró Pé de Serra que faz uma alusão aos três instrumentos base do Forró Pé de Serra presentes na banda que são Triângulo, Zabumba e Sanfona.
Tem como principal objetivo difundir a cultura nordestina por todo mundo e trazer muita alegria através da música.




DISCOGRAFIA:
(2010) MARACÁ


(2014) FORRÓ É ALEGRIA















INTERNET:



quinta-feira, 10 de julho de 2014

LEMON55

Fundada em 2012, na cidade de Vitória, a banda Lemon55 conta com um amplo repertório internacional. Em 2013 o lançamento do seu CD totalmente autoral consolidou o nome da banda no cenário capixaba, além de reafirmar a busca pelo mercado exterior.
A Lemon55 aposta em um gênero pop rock com elementos eletrônicos e buscando sempre autenticidade em seu som. A banda já se apresentou em diversos eventos e casas de shows no Espírito Santo, conquistando um público fiel e jovem.
A Lemon 55 é uma banda independente autoral, busca maneiras diferentes de fazer música e jeitos diferentes de apresentar e criar um conteúdo autoral de qualidade. A banda também é parceira e apoiadora de qualquer manifestação artística. Assim, os integrantes estão direta ou indiretamente ligados a outras áreas culturais.
Influências da banda: MgMt, Coldplay, Strokes,Kings of Leon, Owl City, Avantasia, Angra, Shaman, Iron, Strato, Maroon 5, Legião, Ultraje, Barão, Frejat,Teatro Magico, Beatles , Rolling Stones, Led Zeppelin, Pink floyd, MJ, Scorpions, Van Halen, Amy, Paramore, John Mayer, Daft punk.




INTEGRANTES:
Baixo: Gabriel Hand
Bateria: Gabriel Soneghet
Guitarras: Anderson Widenhoeft e Gabriel Monteiro
Teclado: Maurício Cortelleti
Vocal: Lucas Zanandrea






DISCOGRAFIA:
(2013) TO INFINITY AND BEYOND
01-Waiting for the sunrise
02-Infinity
03-Wish
04-Fisherman Jack
05-Paper world
06-Gone
07-Two years ago
08-Behind the luck or the sky






VÍDEOS:




INTERNET: